CONHECENDO A SERRA DA CANASTRA



Hoje a dica vai para os aventureiros que adoram trilhas e cachoeiras.Vamos dar dicas de dois dias de viagem, sendo um dia na Serra da Canastra e outro em Capitólio. Mas já adianto que dois dias não são suficiente, se você conseguir, fique pelo menos uns 4 ou 5 dias. Saímos de São José dos Campos com destino a Rodovia Dom Pedro I e fomos até a entrada da Rodovia Fernão Dias (BR-381), foram 477 km até a cidade de Formiga - MG. De lá até Piumhi são aproximadamente 70km e levamos 1h30. No total foram 8 horas de viagem. Viajamos de noite e ficamos sem GPS e sem bateria no celular e acabamos nos perdendo um pouco... rs. Também é possível ir por Três Corações sentido Alfenas e de lá seguir para Capitólio. Fazendo este caminho pagamos apenas 5 pedágios, sendo que na Fernão Dias pagamos 1,80 cada.
Confira  aqui os valores atualizados.


Chegamos de madrugada e fomos dormir. Ficamos em um apartamento em Piumhi, cidadezinha que fica 23km de Capitólio. Escolhemos a cidade de Piumhi, porque ela fica entre a Serra da Canastra (97km) que será nosso roteiro do primeiro dia e Capitólio que será nosso roteiro do segundo dia. Reservamos o apartamento pelo site da Airbnb, leia nosso próximo post falando sobre as vantagens da Airbnb e dicas de como economizar na hospedagem, mantendo o conforto e segurança. Acordamos às 5h30 da manhã e seguimos sentido Vargem Bonita, levamos 1h30 para percorrer os  80km e então encontrar nosso Guia Tiago. Na época pagamos 50 para 2 pessoas e ficamos com o Tiago das 7h da manhã até as 18h00. O Tiago é um guia que faz seu trabalho com muito amor e se preocupa muito com a preservação da natureza e animais, ele é demais!!! Segue o telefone do Tiago para quem quiser contratá-lo (37) 98816-8463. Pegamos o Tiago e seguimos sentido a maior cachoeira da região, a imponente Casca D´Anta.



A cachoeira da Casca d'Anta possui a terceira maior queda livre do Brasil com 186m de altura a maior do Rio São Francisco o famoso "Velho Chico" e está localizada dentro do Parque Nacional da Serra da Canastra. Chegando à portaria 4 do Parque, pagamos uma taxa de aproximadamente R$ 7,00. Seguimos em uma trilha por mais ou menos 3 km, a trilha é bem sinalizada e de fácil acesso. Dentro do parque temos banheiros e locais para piquenique e descanso.




 Existe a possibilidade de subir no topo da cachoeira, contudo não quisemos fazer essa trilha. Conforme informado pelo nosso guia, a trilha é de difícil acesso e tem aproximadamente 3km. Entrando pela portaria 4, você verá placas de informações sobre como chegar á parte alta da cachoeira. Para quem tem tempo e preparo físico vale a pena subir, conhecer a nascente do Rio São Francisco e apreciar a linda vista.
Durante a trilha conseguimos ver o Pato Mergulhão que é uma espécie em extinção. Que sorte a nossa!!!. Não entramos na água porque estava muito frio e o poço e bem fundo e perigoso.
Depois que saímos do parque seguimos em direção a cachoeira da Chinela, ela fica a 18 km da cidade de São Roque de Minas. A cachoeira possui uma queda grande e águas transparentes. A Trilha não é sinalizada, contudo é uns 5 minutos de onde deixamos o carro. É bem pertinho mesmo e vale a pena conhecer. 


Fizemos uma pequena trilha e subimos no alto da cachoeira da chinela a trilha é um pouco mais difícil, mais recomendo. Seguindo e chegamos a uma das quedas da cachoeira das 7 Quedas, com 2 quedas em uma mesma cachoeira, na minha opinião é a mais bonita do passeio.


Já estava na hora do almoço e por isso formos almoçar em um dos restaurantes da cidade de São Roque de Minas, comida mineira de excelente qualidade, uma delicia. Seguimos em direção a Fazenda do Capão Forro, onde existem quatro cachoeiras de fácil acesso. Partindo de São Roque de Minas-MG sentido a portaria 1 do Parque Nacional da Serra da Canastra, após 5 km você encontrará as placas indicando o acesso a cachoeira. Pagamos uma taxa de R$ 10,00 e seguimos sentido a Cachoeira da Mata, que em minha opinião é a mais bonita da fazenda. A trilha é bem sinalizada e levamos uns 20 minutos para chegar até essa maravilha. Fomos conhecer a cachoeira do Lobo, que recebeu esse nome devido ao desenho do lobo nas pedras, não consegui enxergar o lobo, mais o Dono da Fazenda afirma que está lá..rs. Ao lado da cachoeira do Lobo temos a cachoeira do Capão forro, que dá nome a Fazenda.


Atravessando o riacho e seguindo uma pequena trilha chegamos á cachoeira do pilão onde é possível pular de um paredão e nadar no poço. Um pouco á baixo da Cachoeira do Pilão temos outro poço para banho. Saímos da Fazenda do Capão por volta das 18h e seguimos para Piumhi. Depois de conhecer tantas cachoeiras, estávamos exaustos e fomos descansar, pois ainda tínhamos mais um dia de aventuras. Como eu disse no começo deste post a região é bem rica e possui diversas cachoeiras. Como ficamos apenas um  dia, só conseguimos conhecer sete cachoeiras, mais para quem vai ficar mais dias, segue o mapa das cachoeiras da região.

MAPA DO LADO NORTE SERRA DA CANASTRA:

MAPA DO LADO SUL SERRA DA CANASTRA:

Fizemos um vídeo também, da uma olhada se gostar deixa o Like :) 


Próximo
« Post Anterior
Anterior
Próximo »